Destaque Espaço Devotos Eventos Galeria de Fotos Notícias

Missa solene comemora os 20 anos de instituição do Santuário Nossa Senhora da Saúde

Aconteceu no dia 22 de dezembro uma missa solene presidida pelo arcebispo Dom Geraldo e concelebrada por Dom Wladimir, Dom Décio e Padre Edgar, para comemorar os 20 anos de elevação da igrejinha à Santuário Diocesano.

“A inspiração se deu durante uma missa”, conta-nos Dom Geraldo em sua homilia. Ele estava no final de uma visita pastoral à Paróquia São Marcos, aqui de Ibiraçu. Assim, no dia 21 de dezembro de 1998 ele assinou o decreto que elevava a então pequena, simples e pobre “igrejinha” construída pelos imigrantes italianos no inicio do século 20, em Santuário Diocesano.

Hoje, um novo templo está em construção, além de vários outros projetos que irão consolidar o Santuário como um polo de evangelização e devoção, como o que foi inspirado por Dom Geraldo. Sob a reitoria do visionário Dom Décio, o Santuário encanta os fiéis que chegam de toda a parte. Não apenas pela beleza da construção, ou da natureza, mas também pelo clima de paz e oração que emanam desse recanto que muitos fiéis chamam de “pedaço do céu”!

Na homilia que comemorou o aniversário do Santuário, Dom Geraldo enfatizou a disponibilidade de Maria, que após a anunciação do anjo Gabriel, saiu às pressas para visitar sua prima que concebera na velhice. Saiu para se colocar a serviço. Saiu para anunciar a boa nova que carregava em seu seio, mesmo não sabendo o que aconteceria com ela, já que uma mulher grávida e sem marido não tinha futuro, naquela época. Mas Maria confiava em Deus acima de tudo. Ela não se preocupava. Por isso cantou o “Magnificat”. Quais maravilhas devemos proclamar em nossas vidas também? Sabemos reconhecer o que o Todo Poderoso fez em nós e por nós? Pensando assim, Dom Geraldo salienta a exortação do Papa Francisco quando pede que sejamos “igreja em saída”. Sigamos o exemplo de nossa Mãe Maria.

O Santuário recebeu das mãos de Dom Geraldo, dois belos presentes: um mosaico de Nossa Senhora recebendo o Espírito Santo, o que alude ao Mistério da Encarnação; e, uma escultura em madeira do Espírito Santo. Ambas as peças são obras de artistas da Arquidiocese de Mariana, Minas Gerais. O primeiro da cidade de Viçosa e, o segundo, da cidade de Barbacena.

Nesse dia especial, a bênção foi dada em frente à igrejinha. Portanto, celebrantes e assembleia seguiram em procissão rumo a ela. Lá, o celebrante benzeu três mudas de “tuias italianas”, as quais foram plantadas por cada um dos bispos que passaram pela Diocese: Dom Geraldo, Dom Décio e o atual, Dom Wladimir. A tuia representa a origem ancestral da população do município, que em sua maioria descende da Itália, região Vêneta, responsável pela divulgação desta devoção na localidade.

O Santuário recebe romarias de todo o estado do Espírito Santo, assim como de outros estados e, inclusive de outros países, como Itália, por exemplo. Na última, ele recebeu cerca de 800 fiéis do Apostolado da Oração, provindos da grande Vitória. Estima-se uma visita anual de 150 mil fiéis ao “jovem santuário”.

Continuemos firmes e atuantes nessa Igreja que conecta povos de todos os cantos da Terra na fé e no desejo de fazer o bem. Sigamos o exemplo de Maria e sirvamos a quem mais precisa. Nossa Senhora da Saúde, rogai por nós!

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Destaques